Ponto42 - Web & Marketing

O que é PHP?

Mais um post do Blog, e hoje vamos falar sobre aquele que é o motor da empresa! Você vai conhecer melhor o PHP, como ele surgiu e para que serve!

Ponto42 » Blog » Web » O que é PHP?

O que é PHP?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Um bom dia, boa tarde, ou boa noite pra você que está lendo! Vamos para mais um Post aqui na Ponto42, e hoje iremos falar sobre o PHP! O que é PHP? Onde surgiu? Como funciona?

 

O que é PHP?

 

Beeem no início PHP era um acrônimo para Personal Home Pages mas posteriormente virou um acrônimo recursivo para PHP: Hypertext Preprocessor e de acordo com o site do próprio PHP é uma linguagem de script open source de uso geral e atualmente é muito usada e difundida para gerar conteúdo para a WEB. O PHP se destaca por ser uma linguagem com uma baixa curva de aprendizagem para quem está iniciando, e ao mesmo tempo, por oferecer recursos e soluções robustas e completas para programadores mais experientes.

O PHP também tem a capacidade de ser utilizado junto do HTML, assim transformando sites estáticos em Sistemas, Blogs, Portais e outras soluções. Mesmo sendo utilizado junto do HTML o PHP é uma linguagem Server-Side, ou seja, é uma linguagem que funciona e trabalha ao lado do servidor. Desta forma, tudo é processado no servidor. Sendo assim, o que chega ao navegador é a resposta em HTML e o usuário não consegue ver, copiar ou baixar as linhas de código, diferente de linguagens do tipo Client-Side, HTML, CSS e JavaScript que funcionam do lado do cliente, são processados pelo navegador do usuário e podem ser vistas e inspecionadas a qualquer momento.

 

Como surgiu?

 

PHP foi criado em meados de 1994 por Rasmus Lerdorf, que não disponibilizou as primeiras versões e as utilizou em seu site apenas para que ele pudesse ter algumas informações sobre as visitas. Após isso, em 1995 foi disponibilizado para as outras pessoas uma versão que ficou conhecida como “Personal Home Page Tools” (ferramentas para página pessoal).

Em meados de 1995 o PHP foi reescrito, e ganhou o nome de PHP/FI, sendo o “FI” um acrônimo de Form Interpreter (Interpretador de Formulário), e ainda adicionou suporte ao mySQL. Após o PHP/FI, nasceu o PHP 3, que é a primeira versão do PHP que se assemelha com a atual. Foi criada em 1997, sendo lançada somente em 1998. Esta versão se tornou oficial e foram abandonados os desenvolvimentos do PHP/FI 2.0, sendo o PHP 3 a base para o PHP atual.

O PHP 3 foi um grande avanço, mas não foi projetado para aplicações muito complexas, então criaram a Zend Engine. Utilizando a Zend Engine como base, surgiu em maio de 2000 a versão PHP 4, e como esta nova versão teve mais alguns avanços, ela popularizou-se ainda mais e já nesta época era utilizado por mais de 50.000 sites.

Lançado em 2004, a versão PHP 5 foi projetada utilizando como base a Zend Engine 2.0, e trouxe várias inovações. Uma dessas inovações foi a total reestruturação da orientação de Objetos, passando a atender as novas necessidades. Em 2005 foi iniciado um projeto para a criação do PHP 6, porém o mesmo foi descontinuado, mas algumas funcionalidades foram lançadas nas versões PHP 5.3 e 5.4. Em dezembro de 2015 foi lançada a primeira versão do PHP7, que entre as várias mudanças a que se destaca é a melhora no desempenho, que após ter o seu motor remodelado, o PHP7 pode ser até 9x mais rápido que a versão anterior. Porém muitos servidores ainda não suportam esta versão.

 

Como Usar?

 

Para utilizar o PHP, devemos primeiro criar uma página utilizando a extensão ‘.php’, que também suporta todas as Tags do HTML e, como já foi falado neste Post, o PHP pode ser utilizado junto do HTML.

Para usar as funções do PHP deve-se primeiro colocar a Tag de início <?php seguido do código desejado, e a Tag de finalização ?>. Um código simples para imprimir um texto na tela pode ser feito da seguinte forma:

<?php
Echo ‘.42 É a Resposta!’;
?>

O php possui muitas funções, métodos e recursos, por isto aconselho a leitura do manual do PHP no site oficial.

Espero que esse Post tenha sido útil a você. Deixe um comentário sobre o que achou. Até a próxima! :)

Postado em Web no dia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: